Em parceria com Prefeitura de Palmares, Campus Mata Sul da UPE apresenta dois projetos de extensão em show cultural

Uma apresentação musical na Praça Paulo Paranhos nesta terça-feira (12), às 19h, vai marcar o lançamento de dois projetos de extensão do Campus Mata Sul da Universidade de Pernambuco no município de Palmares.

Com apoio da prefeitura através de parceira com a Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, a coordenadora dos projetos de extensão da UPE Beth Alcoforado vai apresentar os detalhes do Quartas de Cinema - Cine Pipoca e do Pandemia em Verso e Prosa.

O primeiro projeto visa a exibição semanal de curtas e longas-metragens no Cine Teatro Apolo, espaço centenário da cidade, abrigando a 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos, como também em escolas, instituições públicas e privadas e em áreas públicas de lazer e entretenimento de Palmares.

O segundo é a primeira edição de um concurso de poesia e prosa com alunos da rede municipal e estadual. Os escolhidos por uma comissão formada por intelectuais locais terão suas obras divulgadas no podcast Social em Foco, comandado pela professora Beth Alcoforado.

Os dois projetos foram aprovados em edital pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) da UPE e contam com o apoio local da Academia Palmarense de Letras, restaurante Nordestão e Meg Gráfica, entre outros estabelecimentos comerciais do município.

O lançamento desta terça-feira vai contar também com um depoimento do diretor da Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, Nonato Barakah, sobre a importância da parceria cultural e educacional.

Depois se apresentarão os cantores Zé Linaldo e Wilton Santos, além de dois talentos revelados pela Campus Mata Sul da UPE: Camilly Pereira e Welton Bracamonte.

FENSG abre inscrições para curso de especialização em saúde da família voltado para profissionais com curso superior em Enfermagem

A diretoria da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (FENSG/UPE) abriu inscrições para o Curso de Especialização em Saúde da Família voltado para enfermeiros/as.

Profissionais com curso superior em Enfermagem, reconhecido pelo MEC, devem procurar a sede da FENSG (Rua Arnóbio Marques, nº 310, Santo Amaro) em dias úteis, das 8h30 às 13h, para efetuar a matrícula. A taxa é de R$ 100, valor não reembolsável.

O curso vai acontecer entre abril de 2022 e novembro de 2023. As aulas teóricas ocorrerão às sextas-feiras (das 14h às 22h) e sábados (das 8h às 17h). As atividades práticas serão realizadas em horários diurnos, de segunda a sexta, a combinar com os alunos.

A carga horária total é de 430 horas, sendo 120 de aulas práticas.

São oferecidas 50 vagas, rigorosamente preenchidas segundo a ordem de confirmação de inscrição (a partir da validação da documentação exigida).

O custo total para cada aluno será de R$ 7 mil, dividido em 20 parcelas iguais de R$ 350, sendo o primeiro pagamento no ato da matrícula.

A coordenação do curso é da professora da FENSG Raphaela Delmondes.

Maiores informações: telefone (81) 3183-3608 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Divulgada lista de aprovados para recebimento de Bolsas de Permanência do Programa de Fortalecimento Acadêmico da UPE

A Pró-reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade de Pernambuco divulgou a lista dos alunos veteranos e ingressantes 2021.2 que foram aprovados na seleção de Bolsas de Permanência e de Desenvolvimento Acadêmico do Programa de Fortalecimento Acadêmico (PFA).

Os 175 nomes estão disponíveis por ordem alfabética para consulta no site http://upe.br/pfa2/pfa-2022.html na categoria do Programa de Fortalecimento Acadêmico 2022. Em uma segunda listagem estão outros 428 inscritos à espera de remanejamento.

No mesmo link é preciso acessar e preencher o termo de compromisso para recebimento da ajuda financeira.

O estudante selecionado deverá, a partir do dia 12 de abril até as 23h59 do dia 18, enviar para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. os dados bancários e o termo de compromisso devidamente assinado.

O processo seletivo foi realizado por uma comissão designada pela Coordenação de Assuntos Estudantis (CAE) da PROGRAD.

O apoio financeiro é direcionado a estudantes de graduação com vulnerabilidade socioeconômica, que não exerçam atividade remunerada e que estejam matriculados nas unidades de educação da UPE.

As bolsas têm o propósito de atender preferencialmente às necessidades de moradia, alimentação e transporte dos alunos, para assegurar condições de permanência e desenvolvimento de suas atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão na UPE.

Alepe autoriza ampliação do quadro de docentes da UPE

O Projeto de Lei (PL) nº 3235/2022, que cria 80 cargos de professor universitário efetivo na Universidade de Pernambuco (UPE), recebeu o aval da Comissão de Educação. Atualmente, a instituição conta com 1.369 docentes nessa categoria, que se somam a 12 professores titulares – classe mais elevada na carreira acadêmica, alcançada por profissionais com doutorado aprovados em concurso público de provas e títulos.

Segundo a norma estadual que institui a carreira de Magistério Superior na UPE, o cargo de professor universitário é composto por três classes, correspondentes à formação: Auxiliar (nível superior e especialização), Assistente (mestrado) e Adjunto (doutorado).

Na justificativa anexada à matéria, o Governo do Estado afirma que expandir o quadro de docentes “apresenta-se como instrumento de apoio à gestão da Universidade de Pernambuco”. 

Leia mais...

UPE tem oito projetos aprovados no edital PET 2022 da Facepe

Oito projetos de pesquisadores ligados a cinco campi da Universidade de Pernambuco foram aprovados no edital 04/2022 - Programa de Extensão Tecnológica (PET 2022) da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe).

Ao todo, 72 propostas serão contempladas com R$ 24,6 mil cada para financiamento de bolsas. O objetivo é expandir a formação qualificada de recursos humanos em nível de ensino médio, técnico e de graduação do estado.

Os projetos aprovados da UPE são, por ordem de pontuação, de professores do Multicampi Garanhuns (Emanoel Francisco Spósito Barreiros), do Campus Mata Norte (Maria Luciana de Almeida), do Campus Petrolina (Nancy Lima Costa), do Campus Benfica (Pablo Aurélio Lacerda de Almeida Pinto - da Faculdade de Administração e Direito de Pernambuco [FCAP] e Carlo Marcelo Revoredo da Silva - da Escola Politécnica de Pernambuco [Poli]), do Campus Santo Amaro (Maria Regina Almeida de Menezes - da Faculdade de Odontologia de Pernambuco [FOP] e Fábio Henrique Cavalcanti de Oliveira - da Faculdade de Ciências Médicas [FCM]) e mais um do Campus Benfica (Henrique Alves Dinarte da Silva, da Poli).

O programa PET será composto de duas etapas. A primeira compreende a execução do curso de capacitação, com duração de um mês, e poderá ser realizado com turma de até 100 alunos provenientes de IEs ou das empresas e entidades parceiras.

A segunda etapa consiste na seleção e acompanhamento de pelo menos 10 alunos em uma atividade de extensão de três meses junto à empresa ou entidade parceira. Nesta segunda fase, os 10 alunos receberão bolsa BFI-10 (Bolsa de Fomento à Inovação) por três meses para desenvolvimento do projeto de extensão.

O PET está alinhado com o Programa Lócus da Inovação, promovido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Facepe, além dos programa Prouni-PE e de Residências Tecnológicas. O valor total de recuros é de R$ 1.716.600,00.